Senai – Departamento Regional do Paraná icon

Senai – Departamento Regional do Paraná






CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 225/2007


O SENAI – Departamento Regional do Paraná, adiante designado simplesmente SENAI-PR, com sede e foro na Av. Cândido de Abreu, nº. 200, Centro Cívico, nesta Capital, está promovendo Licitação, modalidade CONCORRÊNCIA PÚBLICA, do tipo MENOR PREÇO, conforme Regulamento de Licitações e Contratos do SENAI – Ato nº 01/2006, DOU de 24/02/2006 e com observância às condições estabelecidas neste Edital.



  1. OBJETO DA LICITAÇÃO

    1. A presente licitação tem por objeto a aquisição de EQUIPAMENTOS PARA ÁREA DE ELETROELETRÔNICA – UNIDADES DO SENAI DA REGIONAL OESTE/SUDOESTE, NORTE E NOROESTE/PR. nas quantidades e características mínimas exigidas, conforme descrito abaixo:.




ITEM

ESPECIFICAÇÃO

UNIDADE

FORNEC.

QTD

^ PREÇO MÁXIMO TOTAL POR ITEM


01

02


03


04

05


06


07


08

09


10


11

12


13


14


15

16

17


18

19


20


21


22

23

24


25

26

27

28


29


30

31


32


33



^ GRUPO I - MARINGÁ


Inversor de freqüência:

- com alimentação trifásica

-controle escalar e vetorial

-corrente de saída de 7,3 a

-IHM com teclado de membrana táctil

-funções programáveis das saídas a relê com contato reversível na/nf

-para motores de 2 ou 4 pólos

-interface serial rs 232

-proteção contra :sobretensão e subtensão no circuito intermediário,sobretempertura,sobre-carga no motor,curo-circuito na saida e erro de programação

^ Quadro de distribuição de energia em aço:

Porta com manopla, medindo 1,80m x 150m x 0,50 m na cor cinza pintura em epóxi, chapa 18


Gerador trifásico síncrono:

-220v/ 380v

-7,5 kva

-regulador eletrônico

-4 pólos-60hz

-grau de proteção ip21

-brushless

-1800prm

-Duplo mancal


^ Micro controlador programável:

-com módulo de memória

-20 pontos com entrada e saída

-display LCDcom 4 linhas x 12 caracteres

-Relógio de tempo real

-saidas digitais a rele com 10 A para carga resistivas

-alimentação em 110 vca

-com parâmetros:

Ladder-fun/block-modo run/stop-clear program-password.

-software de programação compatível com windows

-potência consumida 2watts/3 VA


^ GRUPO II - CAMPO MOURÃO

Inversor de freqüência:

220V, potência 3CV, com IHM

Medidor eletrônico de fator de potência:

  1. Display LCD na parte frontal do equipamento

  2. Presilhas de fixação para painel

  3. Teclado

  4. Duas entradas de tensão na parte traseira do equipo.

  5. Entradas de corrente na parte traseira do equipo.

  6. Saídas dos estágios na parte traseira do equipo. (até 12 saídas)

  7. Modo de programação automático e manual.

  8. Alarme de proteção

  9. Manual técnico do equipo.

  10. Voltagem de operação 100V a 440V

  11. Freqüência 60Hz

  12. Ajuste do fator de potencia de 0,7 capacitivo a 0,7 indutivo

  13. Entradas de corrente de 1A a 5A

  14. Proteção de sobretensão e subtensão.



^ GRUPO III - CIANORTE

Fonte de alimentação:

CC simétrica 0 a 30V com 2 ampères

Transformador variador de voltagem:

Entrada 127V saída de 0 a 130V com 1,5 KVA em uma fase.


Inversor de freqüência:

220V, potência 3CV, com IHM


^ GRUPO IV - FOZ DO IGUAÇU

Controlador eletrônico de fator de potência:

Trifásico, modo FN, corrente máxima de 5 A secundário, tensão 127 a 254 V, 6 saídas, mostrador LCD, freqüência do mostrador 1 x 10 min., alarmes (com harmônicas até 11 a, quantidade 1, saída 2 A, motivo V,I,FP,CH), Supervisório Windows. Com modulo de acionamentos de 6 saídas, a tiristor, de 5 A, com led indicativo.

Motor Monofásico:

¾ cv, 4 pólos 127/220v, 60HZ com capacitor de partida

^ GRUPO V - CASCAVEL


Motor monofásico 01 CV:

  • Grau de proteção: IP55

  • Potência:1cv

  • Pólos: 4

  • 60Hz

  • Carcaça em ferro fundido

  • Isolamento: classe "B"

  • Tensões: 110/220V,

  • Fator de serviço: 1,15

  • Dreno automático

  • Vedação nos mancais: V'Ring

  • Cor: Azul



Analisador de energia:

- Display: 1/4 VGA Tipo - Matriz de Pontos. Resolução - 320 x 240 pixels. Tamanho - 65mm x 85mm. Contraste variável. Iluminação de Fundo com desligamento automático/manual.
- Velocidade de Amostragem: 10,24KHz / 97µs.
- Número de Amostras: 170 por ciclo.
- Período de Integração: 1 a 10000 segundos.
- Aplicação: Sistema Monofásico e Trifásico (3 Fios ou 4 Fios).
- Medidas: Tensão, Corrente, Potência Ativa, Aparente e Reativa, Energia ativa, Energia Reativa. Fator de Potência, Harmônicas 40, Flicker, Eventos Quedas / Sobretensão / Interrupção.
- Forma de Apresentação: Numérica, Forma de Onda, Espectro de Harmônicas, Potência, Diagrama de Vetores, Eventos(Dip e Swell ), Flicker, Qualidade da Energia (Visualização rápida conforme norma EN 50160).
- Distúrbios de Tensão (Queda, Sobretensão, Interrupção Flicker).
- Transformador de Corrente: Configurável para Garra Normal ou Flexível.
- Transformador de Tensão: Configurável de 1:1 a 500:1.
- Data Hold.
- Memória: 2MBytes : Autonomia de registro ex. Todos os parâmetros + 50 telas e eventos = (10 Dias com período de integração de 10 minutos).
- Interface RS-232.
- Ambiente de Operação: 0 ~ 40°C , RH < 95% sem condensação.
- Ambiente de Armazenamento: -20 ~ 60°C , RH < 95%.
- Alimentação: Acumulador NiMH.
- Duração da Bateria: >24 horas > 12 horas com iluminação.
- Fonte de Alimentação Externa: Adaptador AC/DC 15V / 0,8A.
- Grau de Poluição: 2.
- Segurança: EN61010-1 - CAT III 600V.
- Proteção da Caixa: IP-65 segundo EN60529 somente caixa com exclusão do compartimento de baterias.
- EMC: Este instrumento foi testado pela EN61326-1:1997 Classe A.
- Dimensões: 240(A) x 180(L) x 110(P)mm.
- Peso: Aprox. 1.7kg.

Tensão (Escala Automática)
- Faixas: 57a 480 em Delta e 100 a 830 em Estrela
- Precisão: ± (0.2%+5Díg)
- Resolução: 0.1V
- Impedância de Entrada: >1M (fase-neutro), >2M (fase-fase)

Distúrbios de Tensão (Dip e Swell)
- Faixas de ajuste de trigger: 0.1% a 20 %
- Precisão: ± (1%+10 Díg)
- Resolução: 0.1V
- Trigger = meio ciclo (referência a 50Hz): ± 10ms

Corrente (Usando Transdutor Externo)
- Faixas: Lem Flex 15A / 150A / 3000A
- Precisão: ± (0.5%+10Díg)
- Resolução: 0.01A, 0.1A, 1A

Potência Ativa
- Faixas: 0 ~9.999kW, 99.99kW, 999.9kW, 2.490MW
- Precisão: ± (0.7%+15Díg)
- Resolução: 1W, 10 W, 100W, 1kW

Potência Reativa
- Faixas: 0 ~9.999kVAR, 99.99kVAR, 999.9kVAR, 2.490MVAR
- Precisão: ± (0.7%+15Díg)
- Resolução: 1VAR, 10VAR, 100VAR, 1kVAR

Potência Aparente
- Faixas: 0 ~9.999kVA, 99.99kVA, 999.9kVA, 2.490MVA
- Precisão: ± (0.7%+15Díg)
- Resolução: 1VA, 10VA, 100VA,1kVA

Energia Ativa
- Faixas:9.999kWh, 99.99kWh, 999.9kWh
- Resolução: 0.1Wh, 0.1kWh, 0.1MWh

Energia Reativa
- Faixas: 9.999VARh, 99.99kVARh, 999.9MVARh
- Resolução: 0.1VARh, 0.1kVARh, 0.1MVARh

Flicker
- Nivel de Flicker Pst segundo a norma IEC1000-4-15
- Nivel de Flicker instantâneo (FL)
- Nivel de Flicker de curta duração (Pst) valor médio 10 min
- Nivel de Flicker de longa duração (Plt) valor médio 2 h

Harmônicas
- Faixas: 1 ~ 40h <50% do valor medido
- Precisão: Tensão para THD < 3% ± (0,15%) para THD > 3% ± (5%)
- Precisão: Corrente para THD < 10% ± (0.5%) para THD > 10% ± (5%)
- Resolução: 0.1V / 0.01A

Freqüência
- Faixas: 46Hz ~ 54Hz, 56Hz ~ 64Hz
- Precisão: ± (0.2%+5Díg)
- Resolução: 0.01Hz

Acessórios
- Bolsa para Transporte (EP0611A)
- Fonte Externa 12V DC
- Conjunto de 4 Pontas de Prova com Garra Jacaré
- Lem Flex Trifásico 15/150/3000A com conector 7 pinos (SX8315A)
- CD-ROM
- Cabo Serial RS-232
- Manual do Usuário

Software de equivalência de componentes (ECA) versão 02 em CD.


Software especificio para desenvolvimento de projetos elétrico predial e industrial, com manual em português.


^ Software step 7 micro/win32 V3.2 para programação de CLP Siemens.


Chave compensadora manual:

220V, 60hz, potência de 7,5 CV ou 10 CV.

Enconder de 1024 volts:


Partida torque :

20 gf•cm max.




Maxima velocidade :

6000 RPM




Max pressão no eixo (radial) :

2000 gf




Max pressão no eixo (axial) :

1000 gf




Garantia de rotação :

1 x 107 rpm•hrs




vibração :

10~55Hz, 1.5mm, 2 hrs




Temperatura de operação :

-10° to +60°C




Limite de temperatura:

-20° to +80°C






^ GRUPO VI - TOLEDO


Bancada didática para eletrotécnica completa:

Incluindo manual de instrução em Português, manual do Professor e manual de experiências.


Mini rele programável:

Sistema para desenvolvimento em pequenas automações que permite ao aluno conhecer linguagens de programação tanto para CLPs bem como trabalhar eletrônica digital no mesmo equipamento.

Equipado com:

  • 06 entradas digitais + duas entradas digitais configuráveis para analógicas.

  • 04 saídas digitais a rele.

  • Software licenciado para todos os equipamentos.

  • Manual de operação e manutenção.

  • Curso de programação em CD.

  • Cabo serial para interface do módulo ao microcomputador.

  • Cd com programas de experiências.

  • Fita de vídeo ou DVD para complementação durante as aula.

  • Permita programação em diagrama de blocos com portas lógicas.

  • Tensão de alimentação 127/220V, direto ou com fonte auxiliar ( se for com fonte auxiliar, incluir no orçamento ).

  • Possibilitar o agrupamento de módulos de expansão tanto analógicos como digitais.

  • Recursos de programação:

    • Retardamento de ligação.

    • Retardamento de desligamento.

    • Retardamento de ligação/desligamento.

    • A memorizar retardamento de ligação.

    • Rele de passagem ( emissão de impulsos )

    • Comando por flanco.

    • Gerador de ciclos assíncronos.

    • Gerador de sinal aleatório

    • Interruptor de luz de escada.

    • Atuador confortável.

    • Interruptor de tempo para semana.

    • Relógio temporizador para o ano.

    • Contador crescente e decrescente.

    • Contador das horas de serviço.

    • Interruptor de valor limiar.

    • Analógico interruptor de valor limiar.

    • Analógico interruptor de valor limiar de diferença.

    • Comparador analógico.

    • Amplificador analógico.

    • Relé de auto manutenção.

    • Rele de impulso de corrente.

    • Texto de aviso.

    • Softkey.

    • Registrador de deslocamento.

    • Multiplexador analógico.

    • Comando de rampa.

    • Regulador.

  • Portas lógicas:

    • AND ( E )

    • AND com avaliação de flanco

    • NAND ( E não )

    • NAND com avaliação de flanco

    • OR ( OU )

    • NOR ( OU não )

    • XOR ( excluindo OU )

    • NOT ( negação, inversão )



^ SENSOR DE TEMPERATURA:

Controlador de características universais, aceita em um único modelo a maioria dos sensores e sinais utilizados na indústria

Toda configuração do controlador é feita através do teclado.Assim a seleção do tipo de entrada e de saída, da forma de atua

^ CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

Proteção para sensor aberto em qualquer condição

Entrada universal multi-sensor, sem alteração de hardware

Saídas de controle tipo 4 a 20 mA e pulso, todas disponíveis

Auto sintonia dos parâmetros PID.

Função auto manual, com transferência"bumpless"

Três saídas de alarmes na versão básica, com funções de mínimo, máximo, diferencial(desvio), sensor aberto e evento

Temporização para sinais de alarmes

Retransmissão de PV ou SP em 0 a 20mA ou 4 a 20 mA

Entrada para setpoint remoto

Entrada digital para com 5 funções

soft-start programável

Rampas e patamares com 7 programas de 7 segmentos

Comunicação serial RS-485, protocolo MODBUS RTU

Alimentação bi-volt

Montagem em painel

Corte de 45.5 x 45.5 mm

Software para projeto automático de instalações elétricas:

  • Projeto elétrico virtual que simula a fiação no computador.

  • Elabora plantas com paredes, portas, janelas, sanitários e eletrodomésticos.

  • Interface com software CAD e sólidworks com softwares de arquitetura.

  • Lançamento automático de tomadas.

  • Cálculo luminotécnico.

  • Lançamento das luminárias, interruptores e outros componentes.

  • Caixa de distribuição no centro das carga.

  • Lançamento dos eletrodutos e eletrocalhas.

  • Dimensionamento da fiação.

  • Lançamento automático da fiação.

  • Gera desenhos da fiação completa em 3D.

  • Dimensionamento dos eletrodutos.

  • Quadro de cargas e disjuntores.

  • Diagrama unifilar e trifilar.

  • Quadro geral de um edifício.

  • Diagrama unifilar geral.

  • Lista de materiais por prancha.

  • Legenda inteligente.

  • Plotagem ou impressão facilitadas.

  • Quantitativos de materiais do projeto.

  • Biblioteca de detalhes típicos.

  • Integração com software de orçamento.

  • Estar em conformidade da nova norma NBR 5410/2004

  • Treinamento na unidade de instalação para uma turma com apostila em CD.

  • Fita de vídeo ou DVD para complementação durante as aula.

  • Manual de instruções em Português.



IHM TP 177 micro:

Touch panel, pixel grafics 5,7” display, configurável com Win CC flexible micro Código 6AV6640-0CA11-0AX0

^ WinCC flexible 2005 Micro:

1 licença em CD-ROM (software para programação da IHM TP 177 micro). Código 6AV6610-0AA01-1CA8


Cabo de conexão MPI (5m):

(cabo de comunicação entre CLP e IHM TP 177 micro). Código 6ES7 901-0BF00-0AA0

Conversor:

PC / MPI – USB – Win 2000 / XP com cabo USB 5 m (utilização: Bancada Festo) Código6ES7972-0CB20-0XA0


^ Obs: Aqui foi especificado marca e modelo para aproveitamento do equipamento existente


Cabo para programação:

XBT Z915 Schneider


Cabo para comunicação:

XBT Z968/Z9680 Schneider

Software de programação para IHM:

MAGELIS Modelo XBT N401 Schneider. Compatível com CLP Twido da Schneider.


OBS: Aqui foi especificado marca e modelo do cabo e do software, para aproveitamento dos equipamentos existentes na unidade.

^ GRUPO VII - FRANCISCO BELTRÃO

Motor de Indução Trifásico Assíncrono com Freio Eletromagnético, 220/380V; 1CV; 60Hz; freio com pastilhas; destravamento manual do freio; alimentação do freio: 220Vca.

GRUPO VIII - PATO BRANCO


.


Medidor de LCR digital portátil escala: L ( indutância): 2mH a 20H, C (capacitância): 2nF a 2000µF, R (resistência): 200Ω a 200MΩ, todas escalas com seleção automática.


^ Osciloscópio digital: 40 MHz. (Tektronic ou similar)


Softstarter: Tensão de 220 – 575V;IHM incorporado;Relé térmico incor-porado; Função “Kick start” e “pulp control”;Comunicação RS-232 incorporada;Comunicação Fieldbus;Progr.monitoração via PC via soft-ware; Mód.aquisição de corrente;Ligação de motores até 15 cv a 220V; Gabinete metálico IP;Alimentação p/ fonte chaveada; Micro controlador de 16 bits;Entradas: 4 digitais programáveis fotoacopladas 24 Vcc. 1 analógica diferencial programável 0-10Vcc e 0-20mA;Saídas: Relé: 2 saídas programáveis NA (250V / 1A). 1 saída (reversor = NA + NF).






06


01

01

08

01


01


04


02

01


01


08


06

01

01

01

01

01

01


01


10

05

12

01

01


01

01

05

05


05


01

03


04


01





7.500,00


800,00

2.000,00

4.800,00

2.500,00


800,00


2.000,00


1.500,00

2.500,00


850,00


6.000,00


3.000,00

10.500,00

3.000,00

5.000,00

3.000,00

1.900,00

650,00


20.000,00


16.800,00

4.850,00

15.600,00

2.200,00

750,00


250,00

2.750,00

950,00

850,00


11.900,00


1.200,00

2.100,00


12.400,00


5.700,00






  1. ^ DA SESSÃO DE ABERTURA

    1. A Proposta Comercial e Documentos de Habilitação deverão ser entregues em envelopes lacrados e separados até às 10:00 horas do dia 22 de outubro de 2007, na unidade do SENAI-PR Regional Oeste/Sudoeste, sito na Rua Dr. Flausino Mendes, nº. 254, Jardim Comercial, Cascavel-PR, onde será realizada a abertura pública desta Concorrência, coordenada pela Comissão de Licitações do Sistema FIEP.

    2. Aberta a sessão, não mais será permitida a entrada de interessados em participar da licitação, como proponentes, no recinto dos trabalhos.

    3. ^ O SENAI-PR não se responsabilizará por envelopes que, remetidos pela via postal ou entregues em locais diferentes do indicado no subitem 2.1, não forem recebidos até a data e horário estabelecidos.




  1. DA HABILITAÇÃO

    1. A habilitação será feita mediante o exame da documentação contida em envelope separado e lacrado trazendo na parte externa e frontal, a seguinte identificação:


ENVELOPE Nº 01 - Documentos de Habilitação:

^ CONCORRÊNCIA PÚBLICA N° 225/2007

DATA: 22/10/2007 HORA: 10:00 hrs


    1. O envelope destinado à habilitação deverá conter:

  1. Carta (anexo I) endereçada à Comissão de Licitação do Sistema FIEP, redigida em papel timbrado, assinada por representante legal, na qual seja solicitada a sua participação nesta concorrência, concordando com as disposições constantes deste Edital.

  2. Comprovante de Inscrição no CNPJ;

  3. Certidão Conjunta Negativa de Débitos relativos a Tributos e Contribuições Federais e à Dívida Ativa da União;

  4. Certidão Negativa de Débito de Tributos Estaduais da sede da licitante;

  5. Certidão Negativa de Débito de Tributos Municipais da sede da licitante;

  6. Certidão Negativa de Débito do INSS (CND);

  7. Certidão de Regularidade do FGTS (CRF);

  8. Registro Comercial, no caso de empresa individual;

  9. Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado, em se tratando de sociedades comerciais, e, no caso de sociedades por ações, acompanhado de documentos de eleição de seus administradores;

j) Inscrição do ato constitutivo, no caso de sociedades civis, acompanhada de prova de diretoria em exercício;

  1. Balanço patrimonial e demonstrações contábeis referentes ao último exercício social, ou balanço de abertura no caso de empresa recém-constituída, que comprovem a situação financeira da empresa, podendo ser atualizados por índices oficiais quando encerrado há mais de 03 meses da data de apresentação e devidamente assinado pelo responsável legal da empresa e por contador habilitado.

  2. Decreto de autorização para funcionamento no país, no caso de empresas estrangeiras;

  3. Certidão negativa de pedidos de falência ou de recuperação da empresa, expedida por distribuidor judicial, da sede da empresa, com antecedência máxima de 30 dias da data de apresentação;

    1. A empresa proponente deverá, obrigatoriamente, anexar à sua proposta, os documentos relacionados no item 3.2, em original ou cópia autenticada, sendo que as Certidões apresentadas deverão estar em condições de aceitabilidade quanto ao “prazo de validade”.

    2. Caso as validades das Certidões não estejam expressas, será considerado o prazo de validade de 30 (trinta) dias da emissão da Certidão.

    3. Abertos os envelopes de nº. 01 – Documentos de Habilitação, os documentos ali contidos serão examinados e rubricados pelos participantes presentes e pela Comissão de Licitação, assim como o contido nos envelopes de ^ N° 02 – PROPOSTA COMERCIAL, das empresas habilitadas.

    4. Às empresas inabilitadas, serão devolvidos os envelopes de Nº. 02 – PROPOSTA COMERCIAL, lacrados, mediante assinatura de protocolo de recebimento.

    5. A Comissão de Licitações, após o recebimento, abertura, exame da documentação e registro em Ata, poderá suspender a reunião a fim de que tenha melhores condições de analisar os documentos apresentados, podendo marcar na oportunidade data e horário para nova reunião, ocasião em que serão proclamados os habilitados e abertos os envelopes contendo a proposta comercial.

    6. O não comparecimento de qualquer dos licitantes à nova reunião marcada, não impedirá que ela se realize, não cabendo ao ausente o direito a reclamação de qualquer natureza.

    7. Com base no Art. 16 do anexo II, do Regulamento de Licitações e Contratos do SENAI, será facultado à Comissão de Licitações inverter o procedimento, abrindo primeiramente os envelopes de N° 02, contendo PROPOSTAS COMERCIAIS, classificando os proponentes pela ordem crescente dos menores preços unitários por item, e só então abrindo os envelopes de N° 01, contendo os DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO, iniciando com o do proponente classificado em primeiro lugar, e assim sucessivamente, se necessário.

    8. Não poderão participar do presente certame as empresas que: tenham solicitado a recuperação da empresa, estejam sob falência, concurso de credores, dissolução ou liqüidação, tenham sido suspensas de licitar e/ou declaradas inidôneas por autoridade pública e que façam parte de consórcio. Verificada, a qualquer tempo, a ocorrência dessas situações, estará a Licitante sujeita às penalidades cabíveis.




  1. ^ DAS PROPOSTAS E PREÇOS

    1. Na presença dos proponentes habilitados serão abertas e examinadas as propostas comercias entregues em envelope separado e lacrado com a seguinte identificação:


ENVELOPE N° 02 - Proposta Comercial

^ CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 225/2007

DATA: 22/10/2007 HORA: 10:00 hrs


    1. A proposta deverá ser apresentada em língua portuguesa, em papel timbrado da empresa proponente, sem emendas, rasuras ou entrelinhas, devidamente datada e assinada, contendo as seguintes informações:

  1. Especificação do(s) produto(s) com descrição detalhada das características, contendo marca, modelo e prazo de entrega;

  2. Custo unitário e total por item;

    1. O preço cotado deverá estar expresso em moeda nacional, por valores fixos e irreajustáveis, nele embutidos os impostos municipais, estaduais e federais, taxas, emolumentos e demais encargos incidentes, inclusive frete referente ao transporte do(s) produto(s).

    2. Os equipamentos deverão possuir garantia mínima do fabricante de 12 (doze) meses e assistência técnica e manutenção permanente no local de instalação dos equipamentos.

    3. A proposta deverá ter validade de no mínimo 60 (sessenta) dias, contados da data de sua apresentação.

    4. A apresentação de proposta será considerada como evidência de que a proponente:

  1. Examinou e tem pleno conhecimento de todos os documentos que instruem a concorrência;

  2. Aceita as cláusulas e condições deste Edital, eventuais aditamentos e esclarecimentos complementares;

  3. Tem condições e compromete-se a fornecer o objeto contratual pelo valor e prazo constantes da proposta.

    1. As propostas que deixarem de atender a quaisquer das exigências constantes do presente Edital, serão passíveis de desclassificação;

    2. Serão desclassificadas as propostas que contiverem a oferta de quaisquer vantagens, que permitirem e/ou insinuarem a possibilidade de redução nos preços cotados, em relação aos ofertados pelas demais concorrentes.

    3. Cada Licitante deverá apresentar somente 1 (uma) cotação. A apresentação de mais de uma proposta, ou o condicionamento desta, acarretará sua imediata desclassificação;

    4. Os representantes das Licitantes, que não forem seus sócios-gerentes ou diretores, para a prática de atos dos quais decorram assunção de obrigações ou exercício de direitos, deverão manter consigo os instrumentos de procuração, ficando comprovado que o subscritor tem poderes para tal delegação, cuja assinatura do outorgante deverá ter firma reconhecida, e apresentá-los sempre que solicitado;

    5. A análise e o julgamento das propostas serão realizados posteriormente pela Comissão de Licitações e por técnicos designados para tal fim, caso seja necessário.




  1. ^ IMPUGNAÇÃO DO ATO CONVOCATÓRIO

    1. Até às 18:00 horas do dia 18/10/2007, qualquer pessoa poderá solicitar esclarecimentos providências ou impugnar a presente Concorrência.

    2. Caberá à Comissão de Licitação do Sistema FIEP decidir sobre o pedido de impugnação do Edital no prazo de 24 (vinte e quatro) horas.

    3. Acolhido o pedido de impugnação contra o ato convocatório, será designada nova data para a realização da presente licitação.




  1. ^ DO JULGAMENTO

    1. Será considerada vencedora a proposta que atender as exigências deste Edital e apresentar o menor preço por item.

    2. A Comissão de Licitação, a qualquer tempo e a seu critério, poderá solicitar dos proponentes, esclarecimentos e/ou informações complementares, prospectos ou amostra do(s) produto(s) cotado(s) para melhor avaliação ou teste, antes da definição do julgamento deste Edital.

    3. Em caso de empate entre duas ou mais propostas, a classificação se fará, obrigatoriamente, por sorteio, em ato público.

    4. As intimações dos resultados dos julgamentos das propostas serão feitas na forma prevista no art. 15 do anexo II, do Regulamento.

    5. Existindo diferença entre o valor numeral e o por extenso, do Preço Total, prevalecerá o por extenso.




  1. ^ DOS RECURSOS

    1. Do julgamento caberá recurso na forma definida por este Edital e nos termos do disposto no Regulamento de Licitações e Contratos do SENAI.

    2. Havendo impugnações, serão consignadas em Ata e após o resultado caberão os recursos, por escrito, no prazo de 05 (cinco) dias úteis após este registro, dirigidos à Comissão de Licitações, que os submeterá à decisão do Diretor de Administração e Controle do SENAI.

    3. Interposto, o recurso será comunicado aos demais licitantes, que poderão impugná-lo, no prazo de 5 (cinco) dias úteis.

    4. Os recursos serão julgados no prazo de até 10 (dez) dias, contados da data final para sua interposição, por autoridade competente.

    5. O recurso deve ser apresentado em papel timbrado da empresa, redigidos em português, sem rasuras, fundamentados e assinados por representante legal, observados os prazos legais.

    6. Se na ocasião da comunicação das decisões da Comissão de Licitação estiverem presente todos os licitantes e se todos concordarem em renunciar ao direito de recorrer, esta desistência será formalmente registrada em ata, colhendo-se a assinatura de todos os participantes. A renúncia ao direito de recorrer importa na abdicação do licitante ao recurso, tornando preclusa a fase anterior.

    7. Só poderão recorrer ou renunciar a este direito quem estiver apto a agir em nome da licitante, podendo ser seu dirigente contratual ou estatutário, devidamente identificado através de documento de identidade e cópia do instrumento de constituição ou alteração, onde constem os poderes de representação legal, ou a pessoa física habilitada por meio de procuração pública ou particular, com firma reconhecida, acompanhada de documento de identidade e cópia autenticada do contrato social ou outro documento oficial que comprove autorização do outorgante para representar a empresa. Os poderes para recorrer ou renunciar ao direito de recurso deverão estar expressos na procuração.




  1. ^ DA ADJUDICAÇÃO

    1. O resultado desta Concorrência será publicado em jornal de grande circulação ou divulgado pela Internet no site www.fiepr.com.br e oficiado às empresas proponentes.



  1. ^

    DAS ENTREGAS E PAGAMENTO


    1. O prazo de entrega dos equipamentos deverá ser de, no máximo, 30 (trinta) dias, contados sem interrupção, a partir da data do recebimento da AUTORIZAÇÃO DE FORNECIMENTO, instrumento hábil para todos os fins de direito.

    2. A entrega deverá ser realizada nas unidades do SENAI das regionais^ OESTE/SUDOESTE, NOROESTE E NORTE, conforme descrito nas AUTORIZAÇÕES DE FORNECIMENTO.

    3. O pagamento será realizado em 01 (uma) parcela, com vencimento em 30 (trinta) dias, a contar da data de entrega dos produtos, mediante apresentação de Nota Fiscal correspondente. O faturamento deverá ser feito em nome das unidades do SENAI das regionais OESTE/SUDOESTE, NOROESTE E NORTE, conforme descrito nas AUTORIZAÇÕES DE FORNECIMENTO. Fica expressamente veda ao vencedor da licitação, a negociação de faturas ou títulos de credito decorrentes deste certame, com instituições financeiras ou factorings.

    4. A aprovação do(s) produto(s) dependerá de avaliação, que será efetuada após o processo de conferência. A assinatura do comprovante de recebimento do(s) produto(s) não implica sua aprovação.

9.6 No caso de eventual atraso de pagamento, o valor devido deverá ser acrescido de juros moratórios de 0,3% ao mês, apurados desde a data acima referida até a data do efetivo pagamento, calculados “pro rata die”, sobre o valor da nota fiscal/fatura.

  1. ^

    SANÇÕES E PENALIDADES


    1. A inexecução total ou parcial do objeto sujeitará a CONTRATADA, garantida a prévia defesa, às seguintes penalidades: multa, rescisão contratual e suspensão do direito de licitar ou contratar com o SENAI por prazo não superior a 2 (dois) anos, nas formas adiante especificadas:

10.1.1 - Será cabível pena de multa nos percentuais de:

a) Em caso do não cumprimento do prazo de entrega, aplicação de multa de 2% (dois por cento) e juros de 0,03% ao dia de atraso sobre o valor dos serviços e ensejando, a critério do CONTRATANTE, a rescisão contratual;

b) Na hipótese de inexecução parcial, multa no percentual de 5%, sobre a porção inadimplida e ensejando, a critério do CONTRATANTE, a rescisão contratual;

c) Em caso de inexecução total, multa no percentual de 10% do valor do contrato e ensejando, a critério do CONTRATANTE, a rescisão contratual;

10.2 A multa poderá ser aplicada isolada ou cumulativamente com as demais sanções;

10.3 Caberá a penalidade de suspensão do direito de licitar, pelo prazo máximo de 2 (dois) anos, contados a partir de sua aplicação, nos casos de inexecução total ou parcial de que decorra rescisão contratual, a critério do Contratante;

10.4 Fica facultada a defesa prévia da proponente, em qualquer caso de aplicação de penalidade, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, contados da intimação do ato.


^ 11. INCIDÊNCIAS FISCAIS E DEMAIS ÔNUS

11.1 Correrão por conta exclusiva da CONTRATADA:

  1. Todos os impostos e taxas que forem devidos em decorrência do objeto da contratação;

  2. Contribuições devidas à Previdência Social, encargos trabalhistas, prêmios de seguros e acidentes pessoais, taxas, emolumentos e outras despesas que se façam necessárias.

  3. Despesas com frete/transporte para entrega do material



^

12. DISPOSIÇÕES FINAIS


12.1 A presente Concorrência, em quaisquer de suas fases, poderá ser adiada, transferida ou cancelada (art. 40 do anexo II, do Regulamento de Licitações e Contratos do SENAI), desde que justificada.

12.2 Os recursos orçamentários para as despesas decorrentes desta Concorrência estão previstos em conta própria da dotação, conforme previsto em processo.

12.3 É facultada à Comissão, ou à Autoridade Superior, em qualquer fase da licitação a promoção de diligência destinada a esclarecer ou complementar a instrução do processo, vedada a inclusão posterior de documento ou informação que deveria constar originariamente da proposta.

12.4 A Contratada ficará responsável por quaisquer danos que venha a causar a terceiros ou ao patrimônio do SENAI, reparando às suas custas os mesmos, durante a entrega dos equipamentos contratados, sem que lhe caiba nenhuma indenização por parte do SENAI.

12.5 Caso todas as participantes sejam inabilitadas ou todas as propostas sejam desclassificadas, a Comissão de Licitação poderá fixar aos licitantes o prazo de 03 (três) dias úteis para apresentação de nova documentação ou de outras propostas escoimadas das causas que viciaram o procedimento.

12.6 Qualquer esclarecimento ou informação complementar poderá ser obtido através de correspondência entregue na Rua Dr. Flausino Mendes, 254, Jardim Comercial, Cascavel-PR ou pelo fax (45) 3220.5451, endereçada à Comissão de Licitação do Sistema FIEP. Somente serão consideradas solicitações recebidas no prazo de até 02 (dois) dias úteis anteriores a data de abertura deste Edital.


Cascavel, 17 de setembro de 2007.


CARLOS SÉRGIO ASINELLI

Diretor Regional do SENAI/PR.


ANTONIO BENTO RODRIGUES PONTES

Diretor de Administração e Controle do SENAI/PR


ANEXO I - MODELO


Ilmo. Sr.

Presidente da Comissão de Licitação do Sistema FIEP


A ___ com sede e foro na ___ (rua,etc) da cidade de ___ Estado ___ por seu ___ (cargo) Sr(a). ___, que a esta subscreve, vem solicitar a sua participação na Concorrência Pública nº. 225/2007.

Concordamos em nos submeter a todas às disposições constantes do Edital da referida Licitação.


Atenciosamente


_________________, de de 2007.

_________________________________________

NOME E ASSINATURA DE REPRESENTANTE LEGAL







Download 254.77 Kb.
leave a comment
Date conversion28.09.2011
Size254.77 Kb.
TypeДокументы, Educational materials
Add document to your blog or website

Be the first user to rate this..
Your rate:
Place this button on your site:
docs.exdat.com

The database is protected by copyright ©exdat 2000-2017
При копировании материала укажите ссылку
send message
Documents

upload
Documents

Рейтинг@Mail.ru
наверх